João Roiz Ensemble, Bayan Quartet, Bruno Cândido

11 Abril, 2021 pelas 19h00 (domingo)
no IPV, Aula Magna

Concerto livestreaming em: www.musicadaprimavera.pt // Youtube

Programa

RICHARD WAGNER (1813-1883)
– Abertura da ópera “Tannhauser”
– Prelúdio ao 3º acto da ópera “Parsifal”
– Morte de Amor de Isolda, da ópera “Tristão e Isolda”
– Cavalgada das Valquírias, da ópera “A Valquíria”
– Morte e Exéquias de Siegfried, da ópera “Crepúsculo dos Deuses”
– Abertura da ópera “Os Mestres Cantores de Nuremberga”

Ficha Artística

Transcrição instrumental das obras de Wagner: José Condinho
(Excepto “Morte de Amor de Isolda”, transcrita por João Delgado)

João Roiz Ensemble:
Vasken Fermanian – Violino
João Mendes – Violino
João Delgado – Viola de arco
Ricardo Mota – Violoncelo

Bayan Quartet:
Pedro Santos – Acordeão
Carisa Marcelino – Acordeão
Paulo Neto – Acordeão
Nelson Almeida – Acordeão

Bruno Cândido – Direção

Mecenas: Farmácia Marques


O João Roiz Ensemble junta-se ao Bayan Quartet para um percurso pela música orquestral de Richard Wagner. Os recursos técnicos e musicais da conjugação de um quarteto de cordas com um quarteto de acordeões de concerto permite a reprodução das emoções das grandes massas orquestrais do romantismo alemão, condensadas num ensemble versátil de apenas oito elementos.
João Roiz Ensemble e Bayan Quartet assinalam assim o centenário da estreia de Parsifal em Portugal, bem como os 150 anos do lançamento de Bayreuth.

MAIS SOBRE

BAYAN QUARTET
“Com a evolução do acordeão de concerto no tempo, mais precisamente do Bayan, surgiu a vontade destes quatro músicos com vasto currículo musical, premiados em vários concursos nacionais e internacionais, se juntarem para divulgar em quarteto um vasto repertório para esta formação.
Viajando desde o Barroco ao Contemporâneo, o quarteto apresenta-se frequentemente em concerto interpretando alguns dos mais notáveis compositores dos séculos XX e XXI para o acordeão de concerto, mas também transcrições de obras que marcaram a história da música, bem como obras de novos compositores”.

JOÃO ROIZ ENSEMBLE
O João Roiz Ensemble é um grupo de música de câmara cuja base de trabalho artístico parte de Castelo Branco, onde se constitui como ensemble residente do concelho. Este enquadramento institucional permite uma regularidade de programação que liberta o trabalho artístico das preocupações logísticas e de produção, levando assim a um melhor aproveitamento do potencial de excelência do grupo, dos seus programas e repertórios.
Trata-se de um projeto que nasceu na temporada de 2014 ancorado em quatro marcas essenciais – estabilidade de produção e programação; procura constante da qualidade artística; contacto regular dos grandes repertórios com os diversos públicos locais e nacionais; identidade, inovação e criatividade – e que, desde então, tem tido preenchidas temporadas de concertos, sempre com muito público, apresentando-se com músicos como António Rosado, Dejan Ivanovic, Carlos Alves, Marina Pacheco, Luísa Tender, Carisa Marcelino, Natalia Riabova, João Crisóstomo, Filipe Quaresma, Miguel Carvalhinho, Saúl Picado, Jan Wierzba, entre outros. Os seus concertos são transmitidos pela RTP – Antena 2 com muita frequência. O ensemble editou já dois discos, dedicados a obras de Cláudio Carneyro, Jorge Croner de Vasconcelos e Lopes-Graça, para além de integrarem as primeiras gravações em estreia de obras encomendadas a Fernando Lapa, Nuno Corte-Real, Alexandre Delgado e César Viana. 

O concerto